Meu desabafo sobre os fatos recentes

Em 23 de maio, a morte de quatro jovens que protestavam em passeata contra o governo Vargas originou o movimento denominado de MMDC, sigla dos nomes Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo, foram tomados como mártires da liberdade. O dia é uma data importante no desenrolar da Revolução Constitucionalista. O conflito armado começou em 9 de julho. Por três meses, São Paulo, com mais de 130 mil homens, lutou contra os governistas. Aproximadamente 900 paulistas foram mortos, quase o dobro das baixas sofridas pela Força Expedicionária Brasileira durante a Segunda Guerra Mundial.

Naquela época o governo não recebia as manifestações com balas de borracha ou bomba de efeito moral e tratava os protestos como terrorismo. Muitos inocentes foram sacrificados. O mesmo ocorreu no golpe de 1964 onde os atuais governantes foram considerados terroristas e precisaram ser anistiados para voltar ao país.

Agora leio notícias que querem tratar as manifestações populares contra o atual governo, seja ele de qualquer esfera, municipal, estadual ou federal, portanto, diz respeito a classe politica atual com todos os seus partidos, como terrorismo. Observem as propostas de lei em tramitação no Senado. Vamos ressuscitar o AI5? Querem aproveitar o clamor da mídia, com viés imperialista, com este episódio absurdo, imoral um verdadeiro crime. Não porque era um cinegrafista de uma emissora de televisão e sim por que era um ser humano no exercício de um ofício que foi alvejado em uma praça publica por criminosos inconsequentes que devem responder em juízo. Agora buscam uma oportunidade de calar o clamor popular? Precisamos aprender que só teremos mudanças quando o povo passar ser prioridade dos governos. Como podemos conviver com doenças provenientes de falta de saneamento básico em pleno século XXI. Isto nunca foi prioridade de nenhum governo. Nada justifica, é básico. Ter que enfrentar racionamento de água e luz nos próximos dias por falta de um minimo de respeito com os votos que elegeram estes senhores e senhora que depois passam a fazer parte da coluna criminal com seus mensalinhos e mensalões. Pior se dizem perseguidos políticos, é vergonhoso.

Conheço em profundidade a profissão de cinegrafista, ou melhor repórter cinematográfico que com sua ousadia e destreza busca colocar os fatos dentro da nossa casa na comodidade do nosso lar com toda segurança. Recordo de um episódio semelhante de um herói cinematográfico na cobertura da guerra do Iraque foi alvejado por tropas contrarias. Estava no exercício do seu oficio e não foi preservado. Herói no campo de batalha!

Não podemos deixar que a morte deste bravo herói fique somente nas estatísticas. A população deve levantar a bandeira da mudança com sua imagem e pedir o fim ao descaminho provocado por governos corruptos e inconsequentes que não entendeu que deverá buscar soluções diferentes do aumento do custo do combalido transporte publico das grandes cidades. O POVO não quer brioche, ele deseja que a constituição de 1988 não seja uma letra morta. Saúde, Educação, Moradia, Transporte e Segurança.

Estamos a beira de um colapso total jamais vivido neste País. Observo os alertas de que o rumo da nossa economia esta errado. Leio os balanços das empresas e vejo que as instituições financeiras continuam batendo recordes de rentabilidade reforçando que algo esta errado já que a industria de bens e serviços que produzem mais valia estão em quedas constantes. A nossa economia reflete o governo, quem produz é dragado. O número de Recuperações Judiciais começa a bater record, tudo muito preocupante. Isto vai refletir no emprego na renda e na qualidade de vida de cada trabalhador.

A letargia das instituições publicas que são incapazes de atuarem como agentes de transformação retardando projetos e metas governamentais é tipico de uma cultura de lobos soltos no aprisco. Aqui tratamos o bem publico como "do governo" e acreditamos poder "tirar uma vantagem" pessoal quando nos aproximamos do poder.

Toda mudança tem que ser feita de dentro para fora. Tenho percebido que a população esgotou sua paciência e depois de contínuos apagões no transporte publico começa a reagir de forma até violenta. O transporte publico de graça é caro neste País.

Aqueles jovens não estavam lá para alvejar o repórter cinematográfico. Infelizmente foram absurdamente inconsequentes e criminosos ceifando uma vida.

Chegou a hora dos homens públicos mostrarem serviço a população, reduzindo a absurda carga tributária para sustentar suas festinhas com direito a lencinho de guardanapo branco na cabeça na saída de restaurantes mais caros da Europa. Chega de abrirem contas milionárias em paraísos fiscais e depois com a cara de pau de negar que o recurso lhe pertence ao mesmo tempo que paga os melhores advogados do planeta para desbloquear as contas confiscadas.

Eu não estou preocupado se Lula é melhor que FHC, ou mais, ou menos, amigo de Clinton, estou preocupado que nem Lula e nem FHC queriam montar dinastias de poder perpetuando o esgoto que vem acumulando anos com a presença da velha oligarquia oportunista que no BRASIL tem com até sigla partidária PMDB. Não acredito que com 200 milhões de habitantes somos obrigados a conviver sempre com os mesmos políticos no poder. Nada de novo surge para promover mudanças profundas?

Observe que mudanças boas tivemos somente nos 3 primeiros anos de cada governo Lula e FHC depois só mediocridade como a continuação de Dinastia no governo federal. O mesmo no governo estadual do PSDB em São Paulo, do PMDB no Mato Grosso do Sul, etc, etc. Me recuso a sitar a dinastia do Maranhão, traz náuseas. Todos governantes saem empanturrados como tivessem participado de um grande banquete real. Vejo a prosperidade familiar que reina após seu reinado. Digna de invejar qualquer membro das seitas da Prosperidade espalhadas pelo país, assolando os bolsos dos crédulos.

Desta forma o mais capacitado nunca chegará ao poder sempre teremos a mediocridade imperando e ditando nosso futuro nada promissor. Chega de reeleição para todos os cargos eletivos. A cota de cada cidadão é de no máximo 6 anos no exercício do poder. Temos uma mania monarquista de ter sempre uma família real para adorar. Veja o Senado é feito de monarcas que tem a fórmula magica de permanência no Olimpo e continuam ditando leis para perpetuar suas dinastias. Somente o chamado divino tira sua perpetuidade no trono azul, mas sempre deixando herdeiros.

Este desabafo é de um cidadão que pretende deixar filhos melhores para o futuro desta nação. Hoje com muita alegria pude ver meu filho se matricular em uma universidade no incio de uma caminhada que desejo ser transformadora. Ao caminhar pelas Arcadas pude sentir a energia desta juventude que vai as ruas.

Os jovens nas ruas não estão lá para alvejar vidas e sim na busca de mudanças.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os problemas da pesquisa por quota

Tempestade Perfeita

NUNCA ABRA MÃO DOS SEUS VALORES PESSOAIS